Marlene Constantino

Cada pedacinho de sonhos guardados, quando tocados renascem, voam como borboletas

Áudios

A ROSA DA VIDA-1
Data: 18/04/2016
Créditos:

Texto: A ROSA DA VIDA - Marlene Constantino
Recital - Voz: roselves Alves
Editor: Média Player

Agradeço de coração o amigo poeta aqui do Recanto das Letras, roselves Alves, pelo recital, pela bela voz, pelo presente carinhoso que recebi. Muito obrigado.
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


A ROSA DA VIDA (2)
Marlene Constantino

No coração de uma criança germinou
a semente de uma rosa inocente.
Na sua mocidade a rosa despertou num
lindo botão cheio de viço e vaidade.

Hoje já adulto descobre
que a rosa tem a cor rosada,
amanhã saberá que a rosa rosada
poderia ser tingida
com todas as cores do arco-iris.

Rosa, deixa-me beijar sua face fultacor,
deixa-me viver seus múltiplos caminhos,
deixa eu sentir este perfume, que exala
na essência do seu despertar em flores.

Traga-me a beleza rosada deste rosto
de rosa viva porque de rosa fui feita
e de vida cor-de-rosa eu quero viver.
Enviado por Marlene Constantino em 07/07/2006

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras