Marlene Constantino

Cada pedacinhos de sonhos guardados, quando tocados renascem, voam como borboletas

Áudios

ANJOS
Data: 05/06/2016
Créditos:
Texto: ANJOS - Marlene Constantino
NARRAÇÃO : Marcos Sergio T. Lopes
Editor: Média Player

Meus agradecimentos ao querido amigo poeta Marcos Sergio T. Lopes por dar voz ao meu poema, Muito Obrigado.
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Imagem-Art Mara Pontes

ANJOS
Marlene Constantino

Os Anjos saem do céu,
pairam sobre nossas cabeças.
Anjos são assim,
não tocam o chão.
Alados pousam em nossos nossos corações.
Não existe tempo para anjos,
apenas sinais,
que os olhos teimam acreditar.
Anjos são pressentidos, movem nossas intuições.
Todos querem ser anjos, nem todos podem,
mas todos podem ter um anjo.
Anjo é sempre eterno.
Dentro dele, moram todos os universos,
da felicidade e lágrimas.
Coração de um anjo
reconhece todas as vivências.
Podemos um dia, ser nomeados "anjo",
descobrir todos os mistérios,
que rege o infinito de um ser;
todos os mistérios entre céus e terras.
Podemos até, um dia entender, que anjos
são fragmentos de um SOL MAIOR.
Meu Anjo é intenso. Meu Anjo é Azul.
E o seu?

25/01/2008

 
Enviado por Marlene Constantino em 05/06/2016

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras