Marlene Constantino

Cada pedacinho de sonhos guardados, quando tocados renascem, voam como borboletas

Perfil
 
(Se prefirir rolem a página e acessem direto o site do escritor e ligue o som. As poesias são formatadas carinhosamente e com belas canções para vocês) Assinem meu livro de visitas ficarei feliz em vê-los por lá.
 
Minha biografia reescrita pela poetisa Anna Peralva, uma homenagem do Clube dos Poetas:

"Aos dois de fevereiro ela aportou no cais da vida terrena e foi escolhido como porto a Capital de São Paulo. Ali cresceu, menina sonhadora e amante da natureza, aquarela mágica que o Criador retoca todos os dias para nos presentear. 
Marlene Constantino é uma aprendiz da vida, sempre em busca da evolução espiritual. O passado foi o início  de tudo... O presente é a vivência burilando o ser passante e o futuro, a somatória dos tempo, onde a bagagem se faz pesada ou não...
Ela escreve desde a adolescência, mas não se julga poeta. Diz que escrever é um hobby, uma forma de liberdade onde extravasa sentimentos... Possuiu dois livros não publicados, "Vale Fértil" e "Semeador de Sonhos". Marlene tem a música como uma parceira íntima que desperta sua inspiração, sons e notas que tocam a alma e desaguam emoções sobre a virgindade da folha branca, em espera para ser preenchida pela estesia da poesia, expressão perfeita da palavra.
Em suas poesias liberta seu eu sonhador, emotivo e apaixonado. Verseja com o coração aberto, pensamentos sem amarras e um fluir místico que sempre nos toca, arrepia a pele...
Tem como nick ^A^¤Söl*®  significado egípcio: - o místico e imaginário, o grande pássaro a caminho do sol.
"Sou fascinada por pássaros, e tudo o que está à frente, acima e além de mim".         
Marlene é  formada em psicologia, o que a torna fascinada pela natureza humana, sua complexidade e a diversidade existente entre as criaturas. Cada ser humano é único neste vasto Universo, onde existem raças, línguas e credos tão distintos. Esta é mais uma lição de Deus para que possamos aprender e respeitar as diferenças.
Para Marlene Constantino o amor é o maior dos sentimentos, cura para todos os males, remédio abençoado que todos teem ao alcance, basta usar e teremos um mundo bem mais pleno, unido e os povos conhecerão a igualdade tão sonhada. Nossa poeta valoriza a amizade, o respeito entre as pessoas, a sinceridade que se vê no olhar que nada oculta, a delicadeza e a harmonia, paz que une, cria laços, acalma as inquietudes e traz serenidade.
Deixo para vocês esta frase maravilhosa e assino embaixo:
" -Acredito que o amor é um sentimento uno e eterno, o que morre são as paixões, o amor para sempre, vive".  (Anna Peralva)


Site do Escritor criado por Recanto das Letras