Marlene Constantino

Cada pedacinhos de sonhos guardados, quando tocados renascem, voam como borboletas

Textos


Imagem: Arte Mara Pontes


QUERO QUE TU SAIBAS
Marlene Constantino

Eu posso escrever em silêncio
uma linda poesia 
e sonhar ouvi-la nas ondas da tua voz.
Posso fazer transbordar
o mar em chamas no céu da boca
dum verso apaixonado.
Mas além das palavras, para ser poetisa
tenho que ser amante fiel
das estrelas do céu e do mar.
Acreditar, que existe um céu em cada ser 
e um mar em cada gota de chuva
no choro do céu.
Então, eu quero que tu saibas
que sou poetisa e que para viver um poema apaixonadamente encaro o sol poente
e o céu das mil e uma noites.


 
Marlene Constantino
Enviado por Marlene Constantino em 26/01/2018
Alterado em 30/01/2018

Música: Sleepy Shores - ASOL

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras