Marlene Constantino

Cada pedacinhos de sonhos guardados, quando tocados renascem, voam como borboletas

Textos




AZUL ERA A ROSA
Marlene Constantino
^A^¤Söl*®

 
Pensar em você é recordar aquela rosa azul
desfolhada, esparramada aos teus pés.
Sedenta, suplicante, carente, dependente.
Lembrar de você é pensar no meu riso
que era contente, abafado no peito.
Lembrar de você é esquecer de mim.
É esquecer que a vida é presente constante.
É deixar passar desapercebida as oportunidades.
Lembrar de você não trará de volta os sonhos
que vazaram como água
entre os dedos, adormecidos num solo seco.
Lembrar de você é apenas seduzir a alma,
resgatar a rosa, que jamais será azul
pois em fultacor colori o meu coração.

 
Marlene Constantino
Enviado por Marlene Constantino em 21/10/2019
Alterado em 03/11/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras