Marlene Constantino

Cada pedacinhos de sonhos guardados, quando tocados renascem, voam como borboletas

Textos



MÁGOA
Marlene Constantino

Não é a distância nem o tempo
que desgasta um grande amor.
A mágoa, ah essa mágoa...
perverso sentimento, destrói.
Outono dolorido,
O vento, vai varrendo o chão
e as folhas lá se vão.
Inverno tão sofrido,
O mar esculpindo fria rocha
do que era muito, pouco sobra.
Você ? Não sei.
De nós dois, eu nem me lembro.


 
Marlene Constantino
Enviado por Marlene Constantino em 09/03/2008
Alterado em 21/11/2016

Música: All_The_Way - Ernesto Cortazar

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Áudios Relacionados:
MÁGOA - Marlene Constantino


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras