Marlene Constantino

Cada pedacinhos de sonhos guardados, quando tocados renascem, voam como borboletas

Textos


Imagem: Arte Rivkah Cohen


TODAS AS RAZÕES DO MUNDO
Marlene Constantino

Menino lindo
se eu pudesse te trazia junto de mim, 
expunha a ti, todas as minhas razões, 
de não te esquecer e  tanto querer-te, 
corria, mudava todos os meus rumos, 
em algum lugar encontrava o caminho

Dentre todas as estrelas, que forraram 
aquele nosso ninho, aonde tanto amei, 
só para ter a certeza que eu não sonhei,
fazia delas os faróis, que te revelassem 
toda a minha ansiedade nessa espera.

Menino Lindo,
 minhas razões, parecem tão insuficientes,
para que entendas o quanto, ainda te quero 
tão meu, tão dentro dos meus sentimentos
porque tu levas os sentidos do meu querer
tu carregas contigo a minha razão de viver.

mesmo que minhas lágrimas recaiam sobre o leito, 
ainda assim  terei todas as razões do mundo 
porque tu és a minha própria razão.

 
Marlene Constantino
Enviado por Marlene Constantino em 22/11/2017

Música: The_Reason - Danni Carlos

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras