Marlene Constantino

Cada pedacinhos de sonhos guardados, quando tocados renascem, voam como borboletas

Textos




FRATERNIDADE
Marlene Constantino
^A^¤Söl*®


Se és Madre, ou se és Santa
é dos anjos a sua bondade...
pelos caminhos da vida 
semeou fraternidade.

Tu és dos pobres e dos humildes,
tu és do povo, tu és de Deus...
Tu és Tereza Mãe
de toda Terra e Calcutá.

Ainda hoje, haverá
quem olhe pro firmamento,
ainda com nuvens passando,
verá o brilho da Santa
irmanando um pensamento.

Muitos pedirão Graças,
muitas ofertas darão,
mas poucos seguirão o exemplo
da Tereza de Calcutá !!

05/09/1997

 
Poesia escrita no dia da morte da Madre Tereza de Calcutá.
Falecimento: 05/09/1997
Beatificação: 19/10/2003
Canonização: 04/09/2016
 
 
Marlene Constantino
Enviado por Marlene Constantino em 27/12/2019
Alterado em 27/12/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras